Moradores do pequeno município cearense de Russas acordaram estarrecidos com a notícia da prisão de um homem que mantinha um time de futebol infantil. Conhecido como Mazinho Lima, o suspeito foi localizado e detido por policiais civis do Distrito Federal por armazenar centenas de fotos e vídeos com conteúdo pornográfico envolvendo, principalmente, crianças. O suspeito teria comprado os arquivos de um outro pedófilo, que teria abusado sexualmente de pelo menos 7o menores de 18 anos em várias unidades da Federação, incluindo o DF.

Reprodução

Lima era conhecido na cidade, que conta com 77 mil habitantes. Antes de família humilde, o presidente do time foi adotado e criado por um casal de classe média. “Todos conheciam ele na cidade pelo trabalho que fazia com as crianças e adolescentes. Ninguém imaginava que ele poderia ser um pedófilo e manter essas imagens de pornografia infantil”, disse uma moradora de Russas que conversou com a coluna.

Segundo a mulher, Mazinho mantinha uma série de perfis nas redes sociais e costumava postar fotografias sempre na companhia de crianças e adolescentes, alguns dentro de casa, deitado na cama ou sem camisa. Um dos locais mais fotografados era um quarto que ficava nos fundos da residência e que tinha temática infantil.

Leia a reportagem completa no Metrópoles parceiro da Banda B