Acusada de roubar loja de departamentos é presa por PMs durante enterro no cemitério do Caju

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

[ad_1]

Acusada de roubar uma loja de departamentos em 2021, Gessica Alessandra Peçanha Pinto, de 21 anos, que estava foragida, foi presa na tarde desta sexta-feira durante um enterro no cemitério do Caju, por policiais militares da 3ª UPP/5ºBPM – Prazeres e Escondidinho, da Coordenadoria de Polícia Pacificadora. A prisão se deu através do Núcleo de Inteligência da unidade policial, e informações do Disque Denúncia (2253-1177).

Após ser presa, Gessica foi encaminhada para 19ªDP – Tijuca e, em seguida, conduzida para uma unidade prisional, onde ficará à disposição da Justiça.

Após receber a informação de sua localização, agentes planejaram uma operação e foram até a Rua Monsenhor Manuel Gomes, no Caju, Zona Norte do Rio, onde conseguiram localizar e prender Gessica, que não ofereceu resistência.

Segundo a PM, contra ela constava um mandado de prisão pelo crime de roubo majorado, após a subtração, em fevereiro de 2021, de vários aparelhos celulares da loja Casa & Vídeo do Humaitá, ao lado ao lado de seu companheiro I.G., de 28 anos.

Um dos aparelhos de telefone celular roubados foi ativado com linha pertencente a I.G.De acordo com a Polícia Militar, Gessica Alessandra possui nove anotações criminais: sete por roubo Majorado; uma por extorsão e uma por receptação.

Com esta prisão, a 3ª UPP/Prazeres contabiliza cinco criminosos monitorados e presos e duas armas aprendidas este ano.

[ad_2]

Fonte: Fonte: Jornal Extra