Hemonúcleo de Barra Mansa inicia segunda-feira a campanha ‘Trote Solidário’ para incentivar calouros a doarem sangue

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

[ad_1]

Unidade convida recém-universitários para doarem sangue e serem ‘calouros sangue bom’

O objetivo da campanha é incentivar os alunos a ajudar o próximo através de doações de sangue – Foto: Chico de Assis (PMBM).

Barra Mansa- O Hemonúcleo de Barra Mansa, em parceria com o UBM (Centro Universitário de Barra Mansa), promove entre esta segunda-feira (31) e o fim de fevereiro, a Campanha ‘Trote Solidário’. Convidando os jovens a serem ‘calouros sangue bom’, o objetivo é incentivar os alunos a ajudar o próximo através de doações de sangue para o Hemonúcleo. O estoque do município se encontra em estado crítico e todo tipo sanguíneo é bem-vindo.

A ideia do ‘Trote Solidário’ é ressignificar o rito de início no Ensino Superior aplicado por veteranos nos calouros das universidades. Em meio à pandemia de Covid-19, os corpos pintados nas ruas podem, seguramente, ser substituídos por doações de sangue.

A coordenadora do Hemonúcleo, Thaís Mendes, falou da importância da parceria entre as instituições. “No início do ano, sempre temos uma demanda maior por bolsas de sangue e, atualmente, o estoque se encontra baixo, devido à pouca quantidade de doadores. Com isso, através dessa parceria, nós estamos tentando chamar a atenção dos novos alunos, e também dos veteranos, para realizarem doações”, destacou Thaís.

A coordenadora revelou ainda, que na última sexta-feira do mês de fevereiro será realizado o sorteio de um brinde. “Todos os alunos que vierem à nossa unidade para fazer a doação, preencherá um cupom que no próximo dia 25 será sorteado para concorrer a um brinde simbólico. Esta foi apenas uma maneira gentil que encontramos para agradecer o apoio dos estudantes do nosso município”.

Segundo a supervisora de Marketing do UBM, Gabrielle Helena, a ação para a instituição de ensino é uma missão muito importante e de grande responsabilidade social. “Estamos empolgados em poder incentivar e contar com a participação dos nossos alunos nessa iniciativa que pode ajudar a salvar vidas com um simples ato, que é a doação de sangue”, destacou.

Para doar, é necessário ter entre 16 e 69 anos. A primeira doação dos idosos deve ser feita até os 59 anos, 11 meses e 29 dias. Menores de idade só podem doar mediante autorização dos responsáveis. Todos devem estar com saúde em dia, pesar no mínimo 50 quilos, não ter ingerido bebida alcoólica no mínimo 12 horas antes da doação. Caso tenha feito tatuagem, a pessoa deve aguardar um ano após a realização da mesma.

O Hemonúcleo de Barra Mansa está localizado na Rua Pinto Ribeiro, n°205, anexo à Santa Casa de Misericórdia, no Centro.



[ad_2]

Fonte: Diário do Vale