Prefeitura do Rio transformará quiosques onde Moïse foi morto em um memorial

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

[ad_1]

A Prefeitura do Rio disse que os quiosques onde Moïse Kabagambe foi espancado até a morte se transformará em um memorial em homenagem ao jovem, à cultura congolesa e africana. Além disso, a Secretaria Municipal de Fazenda, Pedro Paulo Carvalho, ofereceu a gestão de um dos estabelecimentos à família. 

O secretário Pedro Paulo comentou sobre a decisão: “Vamos oferecer a cessão do quiosque para a família de Moïse Kabagambe, se ela assim desejar. Já tomamos essa decisão em comum acordo com a Orla Rio. Além da busca de uma mínima reparação, faremos dali um ponto de inserção econômica e transmissão da cultura congolesa e africana”.

Ao G1, a prefeitura disse que o contrato com com os atuais donos está suspenso, pois o caso está em investigação. E que ainda não há prazo para o projeto ser executado.

[ad_2]

Fonte: O São Gonçalo