Familiares de gonçalense morto por sargento da Marinha serão ouvidos na Alerj

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

[ad_1]

Os presidentes das comissões contra o Racismo, Intolerância Religiosa e Procedência Nacional da Alerj, deputado Carlos Minc (PSB), e a de Direitos Humanos, Dani Monteiro (Psol), atenderão nesta segunda-feira (7) a viúva e a irmã de Durval Teófilo Filho, morto na porta de casa, em São Gonçalo, pelo sargento da Marinha Aurélio Bezerra.

 

A viúva, Luziane, e a irmão, Fabiana, serão atendidas pelos deputados, que prestarão solidariedade à família e falarão sobre desdobramentos do caso.

 

Acompanhados dos advogados das comissões da Alerj e da família da vítima, falarão à imprensa sobre os andamentos das investigações, campanhas que serão promovidas para que o caso não fique impune e a promoção de audiência pública, com outros parlamentares e autoridades, para que o caso seja debatido mais amplamente.

[ad_2]

Fonte: O São Gonçalo