Com os reservas, Palmeiras empata com o São Bernardo e perde 100% de aproveitamento

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

[ad_1]

Wesley, destaque do Verdão, anotou o gol de pênalti que salvou o time da derrota no Grande ABC; foi a penúltima partida da equipe de Abel Ferreira antes do Mundial

Saulo Dias/Photopress/Estadão ConteúdoWesley cobra pênalti marcado para o Palmeiras no duelo com o São Bernardo

Após iniciar o Campeonato Paulista com duas vitórias, o Palmeiras tropeçou em seu terceiro jogo no Estadual ao empatar com o São Bernardo, neste sábado, 29, por 1 a 1, no estádio Primeiro de Maio, na cidade do Grande ABC. Foi a penúltima partida da equipe comandada por Abel Ferreira antes da viagem aos Emirados Árabes para a disputa do Mundial de Clubes. Como pretende colocar em campo sua força máxima na terça-feira, 1º, contra o Água Santa, no Allianz Parque, o português deu descanso aos titulares em São Bernardo do Campo.

Os reservas do Verdão não mantiveram o nível das principais estrelas do time no primeiro tempo e foram para o intervalo em desvantagem. Após desarmar o zagueiro Renan dentro da área, o ex-corintiano Davó, que ainda tem contrato com o clube do Parque São Jorge, deu passe açucarado para Silvinho marcar o único gol da etapa inicial. O atual campeão da Libertadores voltou mais aceso para o segundo tempo, sobretudo porque Wesley resolveu chamar o jogo. Tanto é que, após o árbitro marcar polêmico pênalti em Rafael Navarro, após chamado do VAR, o jovem atacante revelado na base alviverde bateu e se mostrou mais letal que o companheiro — no primeiro tempo, Navarro havia desperdiçado uma cobrança quando a partida ainda marcava 0 a 0. Com sete pontos em três jogos, o Palmeiras lidera o Grupo C. Já o São Bernardo soma quatro pontos em duas rodadas e, por ora, figura no topo do Grupo B.



[ad_2]

Fonte: Jovem Pan