Mercado de livros faturou mais em 2021 que antes da pandemia | Pop & Arte

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

[ad_1]

O mercado de livros fechou 2021 com os saldos positivos tanto no faturamento quanto no volume de obras vendidas em relação ao ano passado. Ao longo do ano, foram vendidos 55 milhões de livros, que movimentaram R$2,28 bilhões. O que representa aumento de quase 30% em relação a 2020.

Os números também foram maiores que os registrados em 208 e 2019, antes da pandemia de Covid-19 que impactou o funcionamento de livrarias e comércios. Veja, abaixo, o faturamento em bilhões de reais nos últimos quatro anos:

Veja o faturamento anual do mercado de livros

Fonte: Nielsen BookScan

Os dados foram levantados pela Nielsen BookScan e divulgados pelo Sindicato Nacional dos Editores de Livros (SNEL). Apesar do crescimento, os editores estão preocupados em como manter os bons resultados em 2022 diante do cenário econômico. “Para o ano que se inicia, a inflação em elevação traz um novo desafio, e precisaremos manter a resiliência demonstrada pelo setor até agora”, diz Dante Cid, presidente do SNEL.

A lista de livros mais vendidos do ano passado, segundo levantamento do site especializado PublishNews, foi dominada por negócios e autoajuda, o fenômeno de ficção “Torto arado” e sucessos do TikTok:

  1. “Mais esperto que o diabo” – Napoleon Hill
  2. “O poder da autorresponsabilidade” – Paulo Vieira
  3. “Mindset milionário” – José Roberto Marques
  4. “Torto arado” – Itamar Vieira Junior
  5. “Mulheres que correm com os lobos” – Clarissa Pinkola Estes
  6. “Do mil ao milhão” – Thiago Nigro
  7. “Vermelho, branco e sangue azul” – Casey McQuiston
  8. “A garota do lago” – Charlie Donlea
  9. “Pai rico, pai pobre” – Edição de 20 anos – Robert T. Kiyosak
  10. “Mentirosos” – E. Lockhart

VÍDEO: Livros indicados no TikTok entram em listas de mais vendidos no Brasil

VÍDEO: Livros indicados no TikTok entram em listas de mais vendidos no Brasil

[ad_2]

Fonte: Pop & Arte