Região Sudeste tem a gasolina mais cara do país

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

[ad_1]

bomba de gasolina em um posto de combustível

Maior valor para a gasolina foi registrado no Rio de Janeiro, enquanto o mais baixo na região foi registrado em São Paulo; veja o comparativo por Estado

Um levantamento de preços divulgado pela Ticket Log apontou que a gasolina mais cara do Brasil foi registrada na Região Sudeste, considerando os dados obtidos nos primeiros dias de janeiro de 2022. Na região, o preço médio da gasolina é de R$ 6,897, ainda assim mostrando uma queda de 0,75% em relação aos valores de dezembro.

No Rio de Janeiro, o preço médio foi de R$ 7,224, o valor mais alto registrado em todo o território nacional. Aliás, o Estado também liderou com o maior preço médio para o etanol na região, de R$ 6,219. Por outro lado, o Estado de São Paulo apresentou o etanol mais barato da Região Sudeste, a R$ 4,952, e a gasolina mais barata, a R$ 6,384.

O diesel, por sua vez, foi comercializado com preço médio de R$ 5,399 e de R$ 5,481 para o S-10. O valor mais alto foi apontado em Minas Gerais, a R$ 5,523 e R$ 5,596, respectivamente. O diesel mais barato foi registrado em São Paulo, a R$ 5,352, enquanto o S-10 mais em conta na Região Sudeste foi registrado no Rio de Janeiro, a R$ 5,427.

“A gasolina e o etanol registraram recuo de preço durante os primeiros dias de 2022 nos quatro estados do Sudeste brasileiro, de acordo com o levantamento da Ticket Log. Já o diesel, não apresentou baixa em nenhum Estado da Região. Considerando a relação 70/30, novamente a gasolina acaba sendo a opção mais vantajosa para os motoristas que abastecem no Sudeste”, orienta Douglas Pina, Head de Mercado Urbano da Edenred Brasil.

Variações e correlação gasolina x etanol

Foto: Revista Carro

[ad_2]

Fonte: Revista Carro