Great Wall promete SUVs com consumo de até 208 km/l

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

[ad_1]

Great Wall Motors SUV Haval H6

Fabricante de origem chinesa irá investir R$ 10 bilhões no Brasil para produzir híbridos e elétricos em Iracemápolis a partir de 2023

A Great Wall Motor (GWM), uma das maiores fabricantes de automóveis e comerciais leves da China, anunciou investimento de R$ 10 bilhões no Brasil. O montante será utilizado na produção de SUVs e picapes eletrificados na fábrica de Iracemápolis (SP), que pertencia à Mercedes-Benz e foi comprada pela GWM em 2021.

O aporte será dividido entre dois ciclos de investimentos. De 2022 a 2025, serão injetados R$ 4 bilhões na operação local. A segunda fase, prevista para entre 2026 e 2032, terá investimento de mais R$ 6 bilhões. A expectativa da empresa é que 2.000 empregos diretos sejam gerados até 2025. Além do mercado interno, a fábrica brasileira da Great Wall Motor será um hub de exportação para outros mercados da América Latina.

A fábrica de Iracemápolis será modernizada para receber um novo sistema de produção de veículos híbridos e elétricos. A capacidade de produção instalada será de 100 mil veículos por ano, com expectativa de faturamento anual de R$ 30 bilhões em 2025. De acordo com a empresa, a escolha pelos segmentos de SUVs e picapes está relacionada ao crescimento nas vendas desses veículos nos últimos anos, com alta de até 26% no ano passado.

Híbridos com consumo de até 208 km/l

A Great Wall Motor Brasil promete ser a primeira fabricante do País a fabricar apenas modelos eletrificados, com opções de híbridos, híbridos plug-in e elétricos. De acordo com a empresa, a gama terá híbridos com níveis de potência entre 230 cv e 430 cv, além de torque máximo entre 41,8 kgfm e 77,7 kgfm. Nos modelos mais potentes, a aceleração de 0 a 100 km/h poderá ser feita em apenas 4,8 segundos.

Porém, o que mais chama a atenção é a média de consumo dos modelos híbridos, que poderá variar entre impressionantes 208 km/l e 75 km/l. De acordo com a empresa, a alta eficiência será possível devido à oferta do híbrido plug-in com a maior autonomia elétrica do mundo, de até 200 quilômetros – atualmente, em média, os SUVs híbridos plug-in têm entre 40 e 50 km de alcance puramente elétrico. Ainda de acordo com a GWM, a bateria poderá ter 80% do nível de carga recuperado em 30 minutos.

Os modelos produzidos e vendidos pela Great Wall Motor terão três marcas distintas, uma para cada linha de produto. A marca Haval terá SUVs urbanos, enquanto a Tank contará com SUVs off-road de luxo. Já o emblema da Poer irá estampar as picapes da GWM. Todos os modelos fabricados localmente terão recursos avançados de conectividade, compatibilidade com 5G e sistemas semiautônomos nível 2 de série.

No primeiro ciclo de investimentos (até 2025), serão lançados 10 veículos no Brasil. A previsão de chegada do primeiro modelo é para o quarto trimestre deste ano (entre outubro e dezembro), ainda importado. O lançamento do primeiro Great Wall nacional ocorrerá no segundo semestre de 2023. A marca promete que todos os lançamentos brasileiros serão modelos da próxima geração de veículos da fabricante, ainda não revelada no mundo. Na segunda etapa, serão lançados os veículos 100% elétricos da marca Ora.

Fotos: Divulgação

[ad_2]

Fonte: Revista Carro