Chevrolet Cruze Midnight aposta no custo-benefício por R$ 139.950

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

[ad_1]

Junto do lançamento do novo Cruze RS, a Chevrolet apresentou a versão Midnight do sedã. Apostando na mesma fórmula dos irmãos Onix e Onix Plus, o Midnight ficou para o Cruze, enquanto o RS é exclusividade do hatch. A diferença é que a nova versão do sedã chega para somar na linha, ao contrário do que aconteceu com o Cruze Sport6.

O Chevrolet Cruze Midnight se posiciona entre as versões LT de R$ 135.660 e LTZ de R$ 151.290. Por R$ 139.350, ele vem equipado com seis airbags, alerta de pressão dos pneus, controle de tração e estabilidade, faróis de neblina, luzes diurnas de LED, faróis com projetor e regulagem de altura, sensor de estacionamento dianteiro e traseiro.

Soma-se ainda câmera de ré analógica, chave presencial, piloto automático, bancos revestidos em couro preto, ar-condicionado, direção com assistência elétrica com ajuste de profundidade e de altura, vidros elétricos nas quatro portas e assistente de partida em rampa. A carroceria pode ser pintada nas cores Preto Ouro Negro, Cinza Satin Stell e Azul Eclipse.

Chevrolet Cruze Midnight [divulgação]

Visualmente, o Cruze Midnight recebe grade frontal preta e logotipos escurecidos da Chevrolet. As rodas de liga-leve de 17 polegadas têm acabamento diamantado e todo o interior é escurecido: desde o forro do teto, até os bancos e painel. Inexplicavelmente, a gravatinha do volante é dourada, não preta como no resto do carro.

O motor é o mesmo do restante da linha: 1.4 turbo de 153 cv e 24,5 kgfm de torque. A transmissão é automática de seis marchas sem opção de trocas atrás do volante, somente pela própria alavanca.

Chevrolet Cruze Midnight [divulgação]

>>Chevrolet dará dinheiro a donos de Celta e Classic em recall

>>Silverado EV quebra tradições da picape que vem ao Brasil

>>Equinox EV não é a nova geração do SUV médio da GM

[ad_2]

Fonte: Revista Carro