Troca de tiros no Santa Quitéria acaba com suspeito de roubar carro morto

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

[ad_1]

Um suspeito de roubar um T-Cross, no bairro Água Verde, em Curitiba, na noite desta segunda-feira (14), morreu em confronto com policiais militares do Rotam (Rondas Ostensivas Tático Móvel), horas depois do assalto, mas no bairro Santa Quitéria, também na capital. A troca de tiros aconteceu no cruzamento entre a Rua João Alencar Guimarães e a Avenida Arthur Bernardes.

troca de tiros no Santa Quitéria
O local onde houve a troca de tiros no Santa Quitéria. Foto: Banda B

Duas mulheres ocupavam o T-Cross no momento em que ele foi roubado na Avenida Getúlio Vargas, no início da noite. O carro foi encontrado pelos policiais após um motorista de aplicativo, que também teve seu automóvel, um Nissan Versa, também levado durante a noite na região do bairro Água Verde, repassar a informação à polícia.

O detalhe é que, neste caso, o trabalhador afirmou que o Versa, que foi achado abandonado na região onde houve o confronto, foi levado pelo mesmo suspeito. A fala foi feita após o motorista identificar a arma usada pelo criminoso no roubo, junto à polícia.

troca de tiros no Santa Quitéria
O local onde houve a troca de tiros no Santa Quitéria. Foto: Banda B

Após o confronto, o tenente Nicola, do 12º Batalhão, disse que a Rotam, depois de receber as informações, começou a acompanhá-lo. O suspeito, ciente de que era perseguido, ignorou as ordens de parada dos policiais e bateu contra uma placa de sinalização pois, segundo a PM, estava desgovernado.

“Ele foi cercado e sacou uma arma contra às equipes, que realizaram o revide à injusta agressão”, mencionou Nicola.

O homem não foi identificado. O corpo foi recolhido pelo Instituto Médico Legal (IML).



[ad_2]

Fonte: Banda B