Segurança tenta bater em grávida e acerta paulada em criança de 9 anos

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

[ad_1]

Um segurança de um supermercado em Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, foi preso após se envolver em uma briga, tentar bater em uma grávida e acertar uma paulada em criança de 9 anos. A confusão aconteceu, na noite desta quarta-feira (16), no estabelecimento que fica no bairro Weissópolis.

Paulada em criança
Acervo Pessoal

De acordo com Breno Silva, que é vendedor de alfajor e pai da criança, o desentendimento começou porque o segurança teria reclamado do ambulante estar comercializando os produtos nas imediações do supermercado.

“Eu estava fazendo a venda dos meus alfajores e há algum tempo foi decretada uma ordem, por parte do mercado, que é extremamente proibido vender nas proximidades. Eu tenho respeitado essa ordem, ontem a noite eu estava do outro lado da rua. E, por ventura, eu fiz uma venda que o cliente iria me pagar com cartão alimentação e esse cartão eu não consigo passar na minha máquina. Eu fui passar o cartão lá dentro e esse segurança já perguntou se ele estaria falando em grego, se eu sou besta”, contou à Banda B.

Breno citou que, para evitar a discussão, disse ao segurança que já estaria indo embora, mas nesse momento foi agredido pela primeira vez.

“Falei: não estou batendo boca com você, estou até saindo fora. Quando eu virei, ele me chutou pela costas, tentando me derrubar, mas eu não cai e virei pra ele, que tentou me dar uma cabeçada. Eu desviei, coloquei a caixa de alfajor na frente e ele deu um murro na minha caixa. Ele foi para dentro do mercado, dizendo que iria me matar e eu corri para o outro lado da rua”, lembrou.

A esposa de Breno, que está grávida, então foi até o mercado e iniciou uma discussão com o segurança, que teria tentado agredi-la.

“Ele então começou a me xingar e minha mulher foi debater com ele. Ele foi agredir minha mulher grávida, minha enteada entrou na frente, então ele agrediu a minha enteada e meu enteado de 18 anos”, relatou.

O vendedor admite que, neste momento, partiu para cima do segurança e na briga generalizada o filho de 9 anos acabou levando uma paulada.

“Quando eu vi tudo, eu atravessei a rua e aí agredi ele e, vou falar para você, nós demos um cacete nele. Aí nisso, ele pegou o pedaço de pau, meu menino foi pegar a caixa de alfajor e o cara acertou a paulada na cara do meu filho”, afirmou.

Paulada em criança
Colaboração

O menino precisou de atendimento médico, para levar pontos no ferimento. De acordo com o pai, por causa do impacto, a criança teve a audição comprometida e está se alimentando com dificuldades.

“Ele está bem ferido. Está desde ontem tomando só leite, não consegue mastigar”, disse.

Segurança liberado

O segurança foi detido após o vendedor de alfajor ir até a delegacia registrar boletim de ocorrência. Após prestar depoimento, ele foi liberado porque também foi agredido pela família, por isso vai responder ao processo em liberdade.

Segundo apurado pela Banda B, o trabalhador disse que não teve a intenção de acertar a criança.

O supermercado informou que não irá se pronunciar.

[ad_2]

Fonte: Banda B