Homem é morto a tiros com filho de dois anos no colo em Curitiba

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

[ad_1]

Jhonatan de Paula, de 25 anos, foi morto a tiros com o filho, de apenas 2 anos, no colo. O menino ficou ferido e foi levado ao Hospital do Trabalhador. O crime aconteceu, no final da tarde desta sexta-feira (04), na Rua Daisy Luci Berno, Vila Guaíra, em Curitiba.

Homem é morto a tiros com filho de dois anos no colo em Curitiba; criança ficou ferida
Foto: Cristiano Vaz/Banda B

Segundo o capitão Edvagner, da Polícia Militar (PM), um Corsa de cor prata teria se aproximado da residência da vítima e de dentro dele desembarcou o atirador que efetuou os disparos à queima roupa.

“A vítima estava com uma criança no colo que acabou sendo ferida, ou pela queda ou por um tiro de raspão, não sabemos ainda. A criança foi socorrida e levada ao hospital sem gravidade no quadro. O pai não resistiu aos disparos e morreu”, contou o capitão.

Jhonatan de Paula (Foto: Reprodução)

Jhonatan de Paula possuía diversas passagens pela polícia por roubo, sequestro, cárcere privado, receptação, entre outros crimes. Por conta do histórico, o capitão acredita que o caso trata-se de um acerto de contas.

A vítima estaria voltando de um cabeleireiro, onde havia levado o filho para cortar o cabelo, e teria percebido que era seguida por um veículo. Ele foi surpreendido no momento em que abria o portão de casa e tentou proteger o menino ao cair no chão, de acordo com o relato de testemunhas.

Foto: Cristiano Vaz/Banda B

Esposa

A esposa de Jhonatan e mãe do garoto ferido disse à Banda B que algumas pessoas não gostavam do marido. A criança estaria bem, apesar do susto.

“As únicas pessoas que não gostavam dele eram da parte de baixo ali do Parolin. Eles mataram o irmão dele faz uns 5 anos. Até hoje eles tinham raiva dele. Meu filho está estável, provavelmente foi ferido de raspão, mas vai ficar em observação no hospital porque ele está traumatizado. Ele nem chorou, só olhava pra mim e não fazia mais nada”, contou a mãe.

O Siate foi acionado e socorreu as vítimas no local. O caso agora será investigado pela Polícia Civil.



[ad_2]

Fonte: Banda B