Polícia Civil prende miliciano acusado de espancar e matar homem em bar da Zona Oeste

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

[ad_1]

Policiais civis da Delegacia de Homicídios da Capital (DHC) prenderam, nesta sexta-feira (04), um miliciano por envolvimento no assassinato de Messias Bezerra Lima. O acusado foi capturado no bairro Guaratiba, na Zona Oeste, após troca de informações de inteligência.

Segundo os agentes, o criminoso e dois comparsas mataram a vítima, em outubro de 2020, em um bar localizado na comunidade Vila Taboinha, em Vargem Grande, na Zona Oeste, onde os autores atuavam como milicianos. Messias foi assassinado na frente de seus familiares porque reclamou de uma “cantada” que um dos criminosos deu em sua filha. Ele foi espancado pelos três milicianos e depois levou um tiro fatal.

Após o crime, os autores ocultaram o cadáver da vítima. Os agentes levantaram informações, coletaram depoimentos e identificaram os suspeitos. Dois deles foram presos no final do ano passado pela equipe da DHC. O terceiro acusado foi localizado nesta sexta-feira. Contra ele foi cumprido um mandado de prisão preventiva.

[ad_2]

Fonte: O São Gonçalo