Apple testa recurso de máquina de pagamento iPhone

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

[ad_1]

A Apple já possui um sistema de pagamentos original, que é a Apple Pay, acessível para qualquer um dos aparelhos iOS. Entretanto, segundo anúncio da empresa na última terça-feira (8), esse sistema passa por alterações para criar uma verdadeira Máquina de Pagamentos iPhone.

Ou seja, com essa novidade, o próprio iPhone poderá substituir maquininhas de pagamento ao permitir transferências financeiras pelos aparelhos. Nesse caso, bastaria que as duas pessoas aproximassem seus celulares para que a transferência fosse realizada.

Leia mais: Novo jogo para smartphone está liberando pagamentos via Pix para usuários.

Máquina de pagamentos iPhone

Pagamentos sem toque

A medida vem para somar à onda do desenvolvimento de métodos de pagamentos sem toque. Por exemplo, muitos cartões de crédito já contém um sistema de aproximação, de modo que sequer é necessário digitar senhas. Com isso, pretende-se agilizar transações comerciais, num período em que o tempo está cada vez mais escasso e as pessoas prezam pela rapidez.

Da mesma maneira, a ferramenta Apple Pay, que conecta contas bancárias e cartões de crédito nos celulares iPhone, deve seguir o mesmo caminho. Inclusive, foi o que afirmou em nota Jennifer Bailey, vice-presidente da divisão de pagamentos da Apple. Segundo Bailey, a intenção é tornar ainda mais fácil que negócios de todos os tamanhos aceitem pagamentos sem toque.

Em fase de testes

Por enquanto, não há uma data específica para o lançamento dessa nova ferramenta, que por enquanto segue inédita no mundo. Todavia, sabe-se que inicialmente o recurso estará funcionando apenas nos Estados Unidos. Sendo assim, a expectativa é que o início dos testes ocorra em uma das próximas atualizações dos aparelhos iPhone. Isso deve acontecer em breve, visto que a Apple decidiu já anunciar ao público a nova modalidade.

Inclusive, foi também anunciado qual seria o primeiro cliente a receber os pagamentos nessa nova forma de transmissão. No caso, a escolhida é a fintech de finanças Stripe, que já trabalha com algumas das bandeiras mais utilizadas no mundo, como Mastercard, Visa e American Express. Assim, enquanto a novidade não chega aqui no Brasil, seguiremos de olho nas atualizações desse modelo que se propõe a ser revolucionário.



[ad_2]

Fonte: Fonte: R7