Novo valor e tabela do seguro-desemprego 2022

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

[ad_1]

Da série de benefícios que sofreram reajuste no ano que vem como o abono salarial, o salário mínimo e benefícios previdenciários pagos pelo INSS, outro benefício que também será reajustado a partir de janeiro será o seguro-desemprego.

Reajuste do seguro-desemprego

Atualmente o valor do seguro-desemprego varia entre o mínimo, no valor de R$ 1.100, ou seja, um salário mínimo e pode chegar ao teto de R$ 1.911,84 em 2021. Assim, ninguém pode receber mais que o teto este ano.

O valor ao qual o trabalhador pode receber com o benefício depende de alguns pontos como, por exemplo, a média dos três últimos salários aplicados a uma tabela específica.

No entanto, para 2022 teremos um novo valor mínimo e máximo ao qual o seguro-desemprego pagará aos beneficiários, onde o reajuste ocorre com base nos avanços da inflação no país.

Com relação à inflação, o mesmo é calculado com base no INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) que no dia 17 de novembro ganhou uma nova previsão divulgada pela Secretaria de Política Econômica do Ministério da Economia.

Os dados divulgados pela Secretaria do Ministério da Economia apontam para uma alta da inflação conforme o INPC de 10,04%, como consequência essa variação da inflação também implicará em ajustes para o seguro-desemprego.

Novo valor do seguro-desemprego

Como dito anteriormente, o seguro-desemprego possui um valor mínimo e um valor máximo que este ano está em R$ 1.100 a R$ 1.911,84 respectivamente.

Entretanto, considerando os níveis de inflação do país com base no INPC que apontam para uma alta de 10,04%, o seguro desemprego terá uma nova mudança no seu valor tanto no valor mínimo quanto no valor máximo.

Com relação ao valor mínimo que é de um salário, aplicando a correção de 10,04% do INPC teremos o valor de R$ 1.210,44. No caso do teto do seguro-desemprego, teremos um valor de R$ 2.103,34.

Faixa de saldo do seguro-desemprego

A quantia paga de seguro-desemprego em 2021 varia conforme o saldo dos trabalhadores, mas é única em todos os meses. Para saber quanto vai receber basta tirar a média dos três últimos salários e aplicar na tabela abaixo:

Faixas de Salário Médio Valor da Parcela do seguro desemprego
Até R$ 1.683,74 Multiplica-se salário médio por 0.8 (80%)
De R$ 1.683,74 até R$ 2.806,53 O que exceder a R$ 1.683,74 multiplicar por 0,5 (50%) e somar a R$ 1.347,00
Acima de R$ 2.806,53 O valor da parcela será de R$ 1.909,34

No entanto, com a alteração do valor do seguro-desemprego, considerando o INPC, teremos a seguinte tabela para 2022:

Faixas de Salário Médio Valor da Parcela do seguro desemprego
Até R$ 1.852,79 Multiplica-se salário médio por 0.8 (80%)
De R$ 1.852,79 até R$ 3.088,31 O que exceder a R$ 1.852,79 multiplicar por 0,5 (50%) e somar a R$ 1.482,24
Acima de R$ 3.088,31 O valor da parcela será de R$ 2.103,34

Vale lembrar que os valores apresentados aqui seguem como base a última divulgação do INPC apresentado pelo Ministério da Economia, que ainda poderá sofrer alteração no mês de dezembro.

Para conferir o reajuste nos outros benefícios como o salário mínimo, abono salarial do PIS/Pasep e benefícios previdenciários basta acessar aqui.

[ad_2]

Fonte: R7