Ibovespa opera em alta, puxada por commodities e exterior

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

[ad_1]

O Ibovespa, principal índice da Bolsa de Valores brasileira, opera em alta desde o início do pregão desta quarta-feira, 19, acompanhando o esboço de uma recuperação global dos mercados, depois das perdas registradas na véspera.

Por volta das 10h30, o indicador avançava 1,4%, aos 108 mil pontos. A alta é influenciada pelos papéis ligados a commodities.

No mesmo horário, o dólar recuava 0,7% e era negociado a R$ 5,52.

O preço da tonelada do minério de ferro negociada no porto de Dalian, na China, subiu mais de 4%, chegando aos US$ 115. Já no porto de Qingdao, também no país asiático, a elevação foi de 2,8%, aos US$ 131.

Além do minéro, o valor do barril de petróleo também sobe. Os investidores seguem acompanhando os desdobramentos da tensão política no Oriente Médio, depois de rebeldes do Iêmen terem atacado um drone em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes.

O barril WTI registra crescimento de 1,43%, negociado a US$ 86. O Brent sobe mais de 1%, a US$ 88.

No cenário externo, os índices das principais Bolsas da Europa também operavam com altas. Às 10h30 (pelo horário de Brasília), Londres subia 0,5%, e Frankfurt, 0,6%. Em Paris, a elevação era de 0,8%.

No mercado asiático, a situação foi diferente. O índice Nikkei, da Bolsa de Tóquio, recuou 2,8%. Em Pequim, a queda foi de 0,3%, e em Hong Kong, de 0,06%.



[ad_2]

Fonte: R7