Economia tem dança das cadeiras; veja os nomes | Blog Ana Flor

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

[ad_1]

A mudança nas secretarias do Ministério da Economia terá uma dança das cadeiras com nomes de dentro da equipe do ministro Paulo Guedes.

O blog apurou que quem irá assumir a Secretaria da Receita Federal é o auditor Julio Cesar Vieira Gomes. Havia uma pressão vinda dos sindicatos da Receita pela saída de José Tostes – que irá assumir um novo posto, junto à OCDE, em Paris. O Brasil tenta entrar na organização, chamada de Clube dos países ricos.

Para a secretaria de Produtividade, a escolhida é a atual braço direito de Paulo Guedes, Daniela Marques. Carlos da Costa irá para um posto nos Estados Unidos.

Ana Flor: Ministério da Economia vai reformular três secretarias

Ana Flor: Ministério da Economia vai reformular três secretarias

O único posto ainda não definido é o do secretário que irá ajudar na costura política – o ex-deputado Alexandre Baldy (PP-GO), secretário do governo de João Doria, não se confirmou. O nome deverá ajudar o secretário especial do Tesouro e Orçamento, Esteves Colnago, com a articulação política.

Como o blog antecipou na sexta, uma nova secretaria será criada para reunir a área de produção de estudos, a Secretaria de Estudos Econômicos. Chamada internamente no governo de S3E, irá unificar a Secretaria de Política Econômica (SPE), o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e áreas de pesquisa do antigo Ministério do Comércio Exterior. Será comandada por Adolfo Sachsida, atual titular da SPE.

Com isso, será criada uma espécie de “think tank”, um centro de produção de estudos e dados dentro do ministério a ser conduzido por Sachsida.

A reestruturação na Receita Federal vai englobar a criação de quatro representações: na OCDE, em Paris, para onde vai o atual secretário da Receita, José Tostes; outra na China, na Índia e em Bruxelas, na Organização Mundial de Aduanas.

[ad_2]

Fonte: G1