Criptomoeda suspeita com 69 setilhões de unidades vira tendência no Twitter

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

[ad_1]

O Twitter se tornou um dos principais pontos de reunião e discussão sobre criptomoedas, e por isso muitas vezes vemos nomes famosos do setor entrando nas tendências da plataforma. Recentemente uma criptomoeda foi para os trending topics, mas ela chamou a atenção por ser um projeto, no mínimo, bizarro: a criptomoeda Shibnobi (SHINJ), mais uma criptomeme.

Como dá para notar pelo nome, a Shibnobi é mais um clone da Dogecoin, feita com o objetivo de conseguir atenção em meio a onda de moedas que utilizam o cachorrinho da raça Shiba Inu como mascote (SHIB, Dogelon Mars, Baby Shiba Coin e muitas outras).

Ainda sendo apenas mais um meme a criptomoeda acabou conseguindo entrar nos assuntos de tendência do Twitter no tópico de tecnologia com quase 19,5 mil menções.

Shinja

Como é de se imaginar, a moeda ter entrado nos Trending Topics acabou animando muito os que decidiram investir na “micro coin”, também ajudando a inflar a participação da moeda nos assuntos diários do Twitter.

Mas o que é a SHINJA e por que ela acabou entrando nos Trending Topics?

Shibnobi é uma moeda meme que é uma “irmã” da Shib Inu (mais um clone) que tem como tema uma Shiba Inu Ninja, por isso a brincadeira com o nome Shinobi e tirando isso, esse é basicamente todo o projeto.

Assim como a Baby Doge Coin, que vem ganhando bastante popularidade, a ideia por trás da SHINJA é conseguir elevar a popularidade da criptomoeda para que muitas pessoas acreditem que ela vai valorizar assim como a Dogecoin/SHIB e então lucrar com esse aumento de reconhecimento.

Esse vem sendo uma tática bem popular de várias criptomoedas desde que as piadinhas de Elon Musk fizeram o Dogecoin disparar e deixar muita gente rica, por isso há essa tentativa de reprisar o acontecimento.

Mas tanto com a SHINJA quanto com as outras do mesmo nível, é bem fácil de ver o quão frágil é o plano por trás do projeto.

Um detalhe que chama bastante atenção é o suprimento total da moeda, com nada menos do que 69 setilhões de moedas no total, um número verdadeiramente absurdo e que só é visto em golpes ou shitcoins.

É fácil notar esse comportamento em outros ecossistemas, basta analisar quais foram os assuntos mais comentados no criptomercado em novembro do ano passado e a SHIB foi disparatadamente o tópico mais discutido.

É possível também ver a presença de outras moedas memes sendo discutidas no período como a Elon (Dogelon Mars).

Essa situação não se difere das bolhas das ICOs de 2018, quando todo mundo tentava apostar em uma criptomoeda que fosse valorizar bastante após o lançamento em um esquema de pump, muita gente perdeu dinheiro nessa época e agora é importante tomar muito cuidado para não cometer o mesmo erro.



[ad_2]

Fonte: R7