PM indiciado por atirar em grupo de amigos após briga no trânsito em Rio das Ostras, RJ, é preso | Região dos Lagos

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

[ad_1]

Contra ele, havia um mandado de prisão preventiva expedido pela 2ª Vara de Rio das Ostras.

De acordo com a Polícia Civil, a polícia militar tentou cumprir o mandado de prisão ainda na sexta-feira (3), por ordem da Corregedoria da PM, mas ele não foi encontrado.

Amigos foram baleados por policial militar após discussão no trânsito em Rio das Ostras; rapaz segue internado e passa bem — Foto: Reprodução/Redes sociais

O PM foi encontrado no início da manhã deste sábado, na própria residência, localizada no loteamento Extensão do Serramar, e encaminhado para a delegacia.

O crime aconteceu na noite do dia 9 de outubro, perto da casa de uma das vítimas, Mailton Joya, de 26 anos, onde acontecia uma festa de aniversário.

Mailton era dono do veículo onde estava July Ferreira, de 22 anos, e outras duas amigas. Elas voltavam de um depósito de bebidas quando o carro onde estavam foi atingido pelo veículo do policial. Uma das amigas chamou Mailton para conversar com o policial, mas a conversa evoluiu para uma briga corporal.

O jovem foi atingido por três tiros, já July foi atingida de raspão.

Mailton chegou a passar por uma cirurgia e agora aguarda, em casa, uma data para realizar uma nova intervenção cirúrgica.

De acordo com a Polícia Civil, o PM alegou legítima defesa, mas a alegação não foi aceita pela polícia porque, segundo testemunhas, Mailton estava de costas para o suspeito quando foi atingido.

No dia 13 de outubro, a corporação da PM informou o afastamento do militar.

O g1 tenta contato com a defesa do policial.

[ad_2]

Fonte: G1