JAC lança o elétrico E-J7 por R$ 264.900

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

[ad_1]

JAC E-J7

Sedã 100% elétrico, o JAC E-J7 chega às concessionárias oferecendo 193 cv e 402 km de autonomia

A JAC lança no mercado brasileiro o sedã 100% elétrico E-J7, que chega pelo preço sugerido de R$ 264.900. Ele estava em pré-venda desde novembro, mas cobrando menos nessa fase (R$ 259.900). Décimo veículo elétrico da JAC Motors à venda, ele chega com a difícil missão de rivalizar diretamente com modelos de peso como BMW Série 3.

Com baterias de fosfato de ferro de lítio de 50,1 kWh, o motor elétrico entrega 193 cv de potência e 34,7 kgfm de torque, indo de 0 a 100 km/h 5,9 segundos. A velocidade máxima, limitada eletronicamente, é de 150 km/h.

JAC E-J7

Segundo a fabricante, a autonomia é de até 402 km (método NEDC), necessitando de cerca de seis horas para atingir a carga completa, ou 30 minutos para atingir 80% com o sistema de carga rápida (DC).

Ele possui freios a disco nas quatro rodas e suspensão independente também nas quatro rodas, sendo MacPherson na dianteira e Multilink na traseira. O sedã mede 4,77 m de comprimento e 1,82 m de largura, com entre-eixos de 2,76 metros. Seu porta-malas tem capacidade para 590 litros.

interior JAC E-J7

A lista de itens de série inclui modo ECO de condução, quadro de instrumentos com tela de 10,25″, central multimídia de 13″ touchscreen com conectividade Apple CarPlay e Android Auto, ar-condicionado, câmera de ré, rodas aro 17″, volante multifuncional, AutoHold, controle de tração e estabilidade, freio de estacionamento eletrônico, Assistente de Partida em Rampas, monitoramento de pressão de pneus, sensor de estacionamento dianteiro e traseiro, seis airbags, faróis full LED e com ajuste elétrico de altura, rebatimento elétrico dos retrovisores, ajuste elétrico e aquecimento no banco do motorista, abertura/fechamento automático do porta-malas e saída de ar-condicionado para o banco traseiro. Não há opcionais.

interior JAC E-J7

Fotos: Divulgação

[ad_2]

Fonte: Revista Carro