Hyundai Creta fica mais caro de novo e modelo antigo sofre mais

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

[ad_1]

Foi-se o tempo em que comprar um SUV compacto no Brasil por menos de R$ 100 mil era algo comum. Salvo algumas raridades como o Fiat Pulse, o patamar dos utilitários de entrada é bem acima dos seis dígitos. Prova é o Hyundai Creta, que passou pelo seu quinto aumento de preços consecutivo desde o lançamento em agosto de 2021.

Para agravar ainda mais a situação do Creta, o modelo de entrada Action 1.6 com visual antigo foi o mais afetado. Ele saiu de R$ 102.990 para R$ 106.490, representando um acréscimo de R$ 3.500 ao seu preço final. É o maior da gama do SUV compacto. Vale ressaltar que ele é o único com motor 1.6 aspirado de 130 cv e 16,5 kgfm de torque.

A nova geração teve aumentos mais comedidos e iguais em praticamente todas as versões. Os modelos Comfort, Limited e Ultimate encareceram R$ 1.300. Já o Ultimate, o topo de linha com motor 1.0 turbo, teve reajuste de preço marcado em R$ 1.800. Com isso, o preço do novo Creta paira entre R$ 116.990 e R$ 163.990.

Hyundai Creta Platinum Turbo [Auto+ / João Brigato]
Hyundai Creta Platinum Turbo [Auto+ / João Brigato]

Vale lembrar que as versões Comfort, Limited e Platinum são equipadas com motor 1.0 T-GDi três cilindros turbo de 120 cv e 17,5 kgfm de torque. Já o Ultimate traz o antigo 2.0 quatro cilindros aspirado de 166 cv e 20,5 kgfm de torque. Todo Hyundai Creta vendido no Brasil, incluindo o modelo antigo Action, tem câmbio automático de seis marchas.

Hyundai Creta: preços e versões

Action 1.6 (geração antiga) – R$ 106.490
Comfort TGD-i – R$ 116.990
Limited TGDi – R$ 131.490
Platinum TGDi – R$ 148.490
Ultimate 2.0 – R$ 163.990

>>Hyundai Creta 1.0 turbo: a história do HB20 se repete | Avaliação

>>Fiat Strada e Hyundai HB20 começam 2022 como os carros mais vendidos

>>Furgão mais simpático de todos? Hyundai Casper ganha versão de cargas

[ad_2]

Fonte: Revista Carro