Ford Maverick estreia no Brasil mais cara que Fiat Toro e Ranger

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

[ad_1]

Criada à imagem e semelhança da Fiat Toro, a Ford Maverick estreia no Brasil com uma grande desvantagem: custa mais que sua rival em todas as versões. E não somente isso, por R$ 239.990 (R$ 245.990 em São Paulo), ela se posiciona acima da Ranger que é maior e tem motor diesel. Para rebater o quesito preço, ela vem muito recheada e com motor potente.

Motor e câmbio

Debaixo do capô ela traz o mesmo conjunto mecânico do Bronco Sport. Trata-se do motor 2.0 EcoBoost quatro cilindros turbo a gasolina com 253 cv e 38,7 kgfm de torque. O acerto, no entanto, é um pouco diferente: a picape tem 13 cv e 0,7 kgfm a mais que o Bronco Sport. A transmissão é automática de oito marchas.

Ford Maverick Lariat FX4 [divulgação]
Ford Maverick Lariat FX4 [divulgação]

Consumo

Com esses números, a Ford Maverick faz 8,8 km/l na cidade e 11,1 km/l na estrada, sempre abastecida com gasolina. Sua rival Fiat Toro consegue fazer 9,7 km/l na cidade e 10,7 km/l na estrada com gasolina na versão 1.3 turbo. Já as variantes diesel que regulam com a Maverick em preço e cavalaria registram 10 km/l na cidade e 12,3 km/l na estrada.

Performance

A Ford Maverick conta com tração integral com 5 modos de condução diferentes (Normal, Escorregadio, Lama/Terra, Areia e Reboque/Transporte). Cada um deles altera diferentes parâmetros da picape. Em normal, ela atinge os 100 km/h em 7,2 segundos e tem velocidade máxima limitada a 175 km/h.

[divulgação]

Dimensões

Usando a mesma plataforma do Bronco Sport, a Ford Maverick ficou ligeiramente maior que a Fiat Toro. São 5,07 m de comprimento, 1,84 m de largura, 1,73 m de altura e 3,07 m de entre-eixos. Isso faz dela 13 cm mais longa que a Toro e com entre-eixos 8 cm mais longo. Altura e largura são iguais, apesar de a Maverick ser mais quadrada.

Já comparando à Ranger, são 28 cm a menos no comprimento, 2 cm a menos de largura, 11 cm a menos na altura e entre-eixos e 15 cm menor. A caçamba da Maverick leva até 943 litros com até 617 kg contra 937 litros da Toro com 1.000 kg de capacidade nas versões diesel e 670 kg nas versões flex. A Ranger leva 1.180 litros com até 1.001 kg.

Ford Maverick no Brasil [divulgação]
Ford Maverick [divulgação]

Itens de série

Vendida somente na versão topo de linha Lariat com pacote FX4, a Ford Maverick veio bem recheada para o Brasil. Traz de série chave presencial, teclado para abertura das portas sem chave, volante revestido em couro com ajuste de altura e profundidade, câmera de ré, vidros elétricos nas quatro portas com abertura por um toque e para-brisa acústico.

Traz ainda vidro elétrico na caçamba, painel de instrumentos parcialmente digital com tela de 6,5 polegadas, central multimídia com Android Auto e Apple CarPlay, comandos de som no volante, monitoramento de pressão dos pneus, protetor de cárter, direção elétrica, ar-condicionado digital de duas zonas, faróis full-LED e rodas de 17 polegadas.

[divulgação]
[divulgação]

Entre os sistemas de segurança a Maverick é equipada com sete airbags, piloto automático, start-stop, frenagem autônoma de emergência, alerta de colisão frontal, controle de tração e estabilidade, assistente de descida, freio a disco nas quatro rodas e assistente de partida em rampa.

>>Chevrolet pode seguir a Ford e só ter SUVs, picapes e esportivos

>>VW Amarok GTI? Versão alemã da Ford Ranger Raptor é considerada

>>Ford Bronco Raptor é o SUV insano que gostaríamos de ter no Brasil

 

[ad_2]

Fonte: Revista Carro